Alma Peregrina

Um dia aquela garota terá coragem de mostrar seus pensamentos mas agora só liberta sua alma em um mundo condenado, ela quer paz, quer amor.  Não tem nada a oferecer além de verdade e sintonia. Aquela pequena vaga esperando a hora certa de se encontrar , mas onde ?
No calor de um beijo, de um abraço ou talvez num sorriso frouxo de outro corpo…
A mente lhe pregará peças, com tantas escolhas ela sabe que precisa arriscar.
Com medo olha para o horizonte procurando uma saída, lá vê uma onda. Mas não se aflija garotinha tu pertences ao mar e esta onda não te veio derrubar. Contigo trouxe teu corpo, agarre-o com força e não tenhas medo pois com ele não precisarás sentir dor para descobrir o que te faz bem.